6

Cortes no programa de investimento do Governo Federal, reduz número de aeroportos beneficiados na Paraíba


Governo Federal reduziu de 270 para 53 aeroportos regionais que passarão a ter investimentos federais, iniciando obras a partir de 2017.

Serão necessários R$ 2,4 bilhões para os investimentos previstos nestes 53 aeroportos até 2020, que serão prioritários.

Dos 270 aeroportos inicialmente, 94 projetos foram considerados inviáveis e os 123 aeroportos restantes poderão receber investimentos a medida que a situação econômica do país melhore ou se os Estados assumirem os projetos.

Na Paraíba, entre os 53 aeroportos prioritários, 2 são na Paraíba: Aeroportos de Campina Grande e Patos.

Investimento nos aeroportos regionais da Paraíba

De acordo com a Folha de S. Paulo, a Paraíba foi contemplada com a manutenção no programa, com os Aeroportos de Campina Grande e Patos.

Com isso, o Aeroporto de Monteiro foi retirado da lista principal, já que fazia parte do programa inicial, que contemplava 270 aeroportos regionais.

Assim, os Aeroportos de Campina Grande e Patos continuam na etapa de pré-projeto no programa do Governo Federal, que irá investir na ampliação da infraestrutura existente, de acordo com as condições operacionais apresentadas de cada aeroporto.

Por Jarbas Moreira, do AEROJOAOPESSOA

6 comentários:

  1. Não desmerecendo a contemplação de Patos mas......bem que Cajazeiras poderia ter entrado nesse projeto. Acredito que lá o aeroporto serviria a uma região maior com alto potencial de passageiros. Beneficiaria, além da prórpia Cajazeias, outras cidades como: Pombal, Souza, Piancó e região. Uma pena

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O ideal seria com a retirada de Monteiro, tentar colocar Cajazeiras no lugar. Mas, pelo jeito, não houve ação neste sentido.

      Excluir
    2. Paulo Gaudino, parabéns você está correto. Você tem visão comercial do modal. Cajazeiras deveria ter prioridade no Estado! Você sabe qual é a resistência do piso asfáltico da pista em Cajazeiras? Qual é o número PCN da pista?
      Alguém sabe? Favor responder para:
      louzada.cl@gmail.com
      Saudações,

      Excluir
    3. Eu mesmo não tenho esta informação.

      Excluir
    4. Paulo Galdino! Patos merece não só esse investimento e sim muitos outros, tanto do Governo Estadual como do Governo Federal. Não desmerecendo Cajazeiras ou outras cidades do interior Paraibano ou Nordestino meu amigo, mais querer comparar Cajazeiras com á Metrópole Capital do Sertão não dá mesmo meu amigo. Patos já está num patamar acima dessas outras cidades, Patos já se encontra num nível de prioridades igual á João Pessoa ou Campina Grande. Patos não leva essa denominação de Metrópole ou Capital do Sertão atoa não é mesmo. Acho que você não conhece Patos como ela realmente é! Uma Metrópole que não para de crescer tanto populacionalmente como economicamente. Conheço várias cidades do Sertão Nordestino, e nenhuma apresenta o crescimento acelerado que Patos vêm apresentando nessas últimas duas décadas. Patos se encontra numa região geograficamente estratégica na Paraíba e no interior do Nordeste, pois Patos se encontra centralizada com as principais cidades do interior Paraibano, Pernambucano, Potiguar e Cearense. Patos concentra um potencial econômico muito superior á todas essas outras cidades, e o de passageiros muito maior que todas essas no interior Paraibano, muito maior até que Campina Grande devido sua localização como especifiquei acima. Acho que todas as cidades do interior só têm á ganhar com o crescimento da nossa Metrópole Capital do Sertão Patos PB.

      Excluir
  2. Eu também não entendi porque CAJAZEIRAS foi cortada do programa federal. A pista de 1.800 x 30m já está pronta e o termino das obras parecem ser mais rápidas e viáveis do que em outros sítios. Saudações,

    ResponderExcluir

Agradecemos sua participação!

Aerojoaopessoa. Copyright © 2012 - 2016. Todos os direitos reservados. Tecnologia do Blogger.