0

Avião da Latam volta a apresentar problemas e piloto decide retornar ao Aeroporto de João Pessoa


Após mais de nove horas de espera para embarcar para São Paulo, passageiros que optaram pela Latam para viajar do Aeroporto de João Pessoa (Presidente Castro Pinto) para a capital paulista terão mais um período de indefinições.

Após começar a taxiar na pista do aeroporto, o piloto percebeu algum problema no avião e informou a todos pelo som do equipamento, que teria que retornar por conta de algum problema hidráulico.

O avião começou o procedimento de voo às 12h35, mas, mesmo antes de decolar, o piloto decidiu pelo retorno ao pátio do aeroporto. Os passageiros, até agora (13h13) continuam dentro do avião, apenas com a informação de que terão que esperar o pessoal de despacho de malas para desembarcar.

O pior é não há qualquer informação sobre os novos procedimentos a serem tomados pela companhia aérea, muito menos o horário de um novo reembarque. Um áudio enviado à reportagem por um passageiro, deixa claro que nem todos os passageiros poderão realizar novo embarque. Um dos funcionários da Latam diz que serão analisados caso a caso.

Entenda o caso

Um voo da Latam, que deveria decolar às 3h55 do Aeroporto Internacional Presidente Castro Pinto, na Grande João Pessoa, para o Aeroporto de Guarulhos (SP), continua estacionado no pátio do aeroporto. Mais de 100 passageiros tiveram que se virar, tendo em vista uma série de problemas criados pela empresa. A companhia aérea confirmou a decolagem para às 12h30.

Até a manhã desta segunda-feira (16), os passageiros que permaneceram no Aeroporto ainda não sabiam exatamente o que provocou o cancelamento do voo. Inicialmente, ao pedir para que as pessoas desembarcassem do avião com as malas para um novo check-in, a empresa informou sobre um problema de manutenção na aeronave.

Em seguida, soube-se pelos corredores do aeroporto que a tripulação se negou a decolar porque seria obrigada a cumprir 8 horas de repouso determinado por lei. Caso o avião decolasse, a Latam seria autuada e multada pela Anac (Agência Nacional de Aviação Civil).

De acordo com informações de passageiros, a Latam conseguiu colocar alguns passageiros em outros voos, deslocou outros para embarcar no Aeroporto de Recife, mas, como tinha muitos passageiros, não conseguiu atender a demanda.

Então, um funcionário distribuiu um voucher no valor de R$ 25 para que os passageiros lanchassem ou no restaurante da SubWay, que estava fechado no horário, ou no Pão de Queijo, que estava aberto, mas a funcionária se negou atender porque a companhia aérea tinha um débito de R$ 300, de outros lanches oferecidos aos passageiros.

Nota da Latam

Em nota à reportagem, a assessoria da Latam confirmou a necessidade de “manutenção corretiva” do avião que está estacionado no pátio do aeroporto de João Pessoa, e a decolagem para São Paulo às 12h30. Na nota, a companhia aérea explica sobre a necessidade do horário de repouso da tripulação, sem se estender no assunto. A nota não cita o problema da inadimplência junto ao Pão de Queijo.

Segue nota na íntegra

A LATAM Airlines Brasil informa que, devido à manutenção corretiva, o voo JJ3359 (João Pessoa-São Paulo/Guarulhos), foi reprogramado para as 12h30, sob o número JJ9018. Além da manutenção corretiva, a medida foi necessária para que a equipe de tripulantes não ultrapassasse o limite de horas de trabalho previsto por lei.

A companhia lamenta o ocorrido e esclarece que está prestando a assistência necessária aos passageiros. A empresa ressalta que a segurança é um valor imprescindível e, sobretudo, todas as suas decisões visam garantir uma operação segura.

Fonte: Turismo em Foco

Nenhum comentário

Agradecemos sua participação!

Aerojoaopessoa. Copyright © 2012 - 2016. Todos os direitos reservados. Tecnologia do Blogger.