0

Avião da LaMia fez trajeto diferente do plano de voo informado, diz autoridade colombiana

O avião da LaMia prefixo CP-2933 que caiu com a delegação da Chapecoense, modelo Avro RJ85, é visto em foto de arquivo de setembro de 2015 em Norwich, na Inglaterra (Foto: Matt Varley/Reuters).

O coronel Freddy Bonilla, secretário de segurança da Aeronáutica Civil da Colômbia, afirmou em entrevista ao jornal local “El Tiempo” que o avião que se acidentou levando a delegação da Chapecoense fez um trajeto diferente daquele informado no plano de voo.

Segundo Bonilla, o plano de voo da empresa LaMia informava que o avião decolaria da cidade de Cobija, na Bolívia, mas acabou decolando de Santa Cruz de la Sierra, que fica mais longe do destino, Rionegro.

“A aerolinha entregou à Aeronáutica Civil uma uma autorização de saída, avalizada pela autoridade boliviana, a partir da localidade de Cobija e com destino a Rionegro. Ficamos sabendo que na verdade ele vinha de Santa Cruz, que fica muito mais ao sul, quando o avião já estava no espaço aéreo colombiano”, disse.

Bonilla voltou a dizer que a aeronave não tinha combustível quando se acidentou e disse que a investigação e a análise das caixas pretas vão determinar o motivo. “Pode ter muitas causas técnicas, como uma fuga [de combustível] durante o trajeto, ou um consumo anormal, ou que simplesmente não se tenha abastecido com o combustível suficiente para o voo”, afirmou.

Fonte: G1

Nenhum comentário

Agradecemos sua participação!

Aerojoaopessoa. Copyright © 2012 - 2016. Todos os direitos reservados. Tecnologia do Blogger.