0

Sequestradores de avião que pousou em Malta soltam reféns e se entregam

Sequestradores se rendem às forças militares de Malta. Foto: Darrin Zammit-Lupi/Reuters.

Um avião com 111 passageiros e sete tripulantes de um voo doméstico da Líbia foi sequestrado por dois homens portando granadas e forçado a pousar em Malta, nesta sexta-feira (23).

Todos os passageiros e tripulantes foram libertados, segundo o primeiro-ministro de Malta, Joseph Muscat. As mulheres e crianças foram liberados primeiro. Ônibus fizeram a retirada dos que estavam a bordo, levando-os a uma distância segura da aeronave.

Os dois sequestradores se entregaram, e estão sob custódia das autoridades de Malta. Por meio de sua conta no Twitter, Muscat afirmou que um exame preliminar aponta que as armas usadas eram falsas.

Um deles havia se identificado dentro do avião como sendo "pró-Muammar Gaddafi", ex-ditador líbio, que foi morto por rebeldes enquanto tentava escapar de Sirte, em 2011.

De acordo com o governo líbio, eles exigiam asilo político em Malta.

O avião, um Airbus A320, tinha 118 pessoas a bordo.

O voo da Afriqiyah Airways ia de Sebha, no sudoeste da Líbia, para Trípoli. Malta, uma pequena ilha, fica a cerca de 500 km da costa da Líbia. Segundo a empresa aérea, a intenção inicial dos sequestradores era pousar em Roma, o que não foi possível em razão do estoque de combustível da aeronave.

O aeroporto de Malta ficou fechado por cerca de 30 minutos. Com o fim do sequestro, já retoma as operações normais.

Avião sequestrado na pista do aeroporto de Malta. Foto: Darrin Zamit-Lupi /Reuters.

OUTRO SEQUESTRO

Malta teve outro caso conhecido de sequestro de avião em 1985, quando um Boeing 737 da Egyptair, com 89 passageiros e 6 tripulantes, além de 3 sequestradores, que ia de Atenas ao Cairo foi sequestrado por palestinos e pousou na ilha.

Soldados egípcios entraram no avião e 60 pessoas morreram, incluindo dois dos sequestradores.

Fonte: Folha de S. Paulo

Nenhum comentário

Agradecemos sua participação!

Aerojoaopessoa. Copyright © 2012 - 2016. Todos os direitos reservados. Tecnologia do Blogger.