6

João Pessoa (PB): 'estrangeiro faz nosso Turismo crescer' - Voos charters internacionais serão negociados


Foto: Divulgação.

Ao ser reeleito para o cargo de secretário de Turismo de João Pessoa, Fernando Milanez (foto) já tem inúmeros projetos em vista, sendo um deles a captação de recursos estrangeiros para o Turismo da cidade.

“A renda per capta dos turistas que nos visitam é de dois salários mínimos, e com o aumento dos custos por conta da crise este cenário fica ainda mais complicado. Quem faz o Turismo do Brasil crescer é o estrangeiro. Não há como impulsionar o desenvolvimento de um destino só com o capital nacional, e por isso uma de nossas principais metas para esse ano é trazer a João Pessoa investimentos do Exterior”, conta Milanez.

De acordo com ele, três países demonstram interesse pelo desenvolvimento do destino, sendo eles a Espanha (que cedeu todo o equipamento necessário ao Centro Gastronômico de João Pessoa, projeto que ensinará comunidades carentes a cozinhar), Portugal (que pretende realizar eventos no destino brasileiro a partir de abril) e a Holanda, com a qual o destino tentará negociar novos voos charters.

NÃO É SÓ TURISMO DE PRAIA

Milanez também enfatizou a necessidade de João Pessoa dar destaque a outros atrativos que não se restrinjam apenas ao turismo de praia. “A praia por si não é o suficiente para atrair os estrangeiros, já que para isso eles também podem optar pelo Caribe. Temos que apostar em um diferencial, que no caso de João Pessoa é o riquíssimo patrimônio histórico por ser a terceira cidade mais antiga do Brasil”, ressalta o secretário de Turismo de João Pessoa, afirmando que serão direcionados recursos para a restauração de diversos pontos históricos da cidade.

Fonte: Panrotas

6 comentários:

  1. Lavem mais balela e negociações infinitas para trazer voos charters. Será que vai começar mais uma vez a novela do voo charter com a ArkeFly ?

    ResponderExcluir
  2. Pior de tudo é que ao invés de trazer novidades, o secretário ressuscita ideias antigas que não foram conquistadas.

    Esse é o nível das ações de turismo em João Pessoa

    ResponderExcluir
  3. E assim continuaremos ficando para trás dos aeroportos das capitais vizinhas Natal e Recife. Isso é lamentável. Acho que por esse motivo a INFRAERO não liga muito em investir no aeroporto de João Pessoa. Se o estado e município da capital tivesse uma política turística boa e mais competente, hoje teriamos um aeroporto de vergonha,com nível internacional.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você falou de forma resumida, como as coisas devem ser. Se o turismo não for fomentado, o aeroporto não irá ter novas estruturas. Têm pessoas que querem inverter a lógica e culpar o aeroporto.

      Por exemplo, as pessoas não tem ideia o que é o aeroporto manter o status de internacional, sem receber um único voo em anos. Difícil achar um aeroporto no Brasil internacional, que não receba um único voo estrangeiro. Ou seja, o aeroporto já faz muito mais, do que nosso turismo consegue fazer.

      E a infraestrutura como um todo, agora saindo do campo único do aeroporto, só irá melhorar ou desenvolver, se o turismo realmente for incentivado. Só assim, empresas privadas e governos é que farão investimentos que atendem ao turismo.

      Excluir
  4. O turismo na América do Sul deveria ser o foco da Paraíba. Mirar um local estrategicamente, é melhor que ficar atirando pra tudo que é lado e não conseguir nada.

    ResponderExcluir

Agradecemos sua participação!

Aerojoaopessoa. Copyright © 2012 - 2016. Todos os direitos reservados. Tecnologia do Blogger.