16

Prefeitos de João Pessoa e Amsterdam vão celebrar voo charter em novembro


Prego batido, ponta virada.

O responsável pelos projetos especiais e promoção internacional da Secretaria de Turismo de João Pessoa, Saulo Barreto, confirmou nesta quarta-feira (19) que o prefeito da capital paraibana, Luciano Cartaxo, aprovou o projeto Amsterdam, que pretende viabilizar um voo charter ligando a Paraíba à Holanda. O okei foi dado durante uma reunião com o secretário de Turismo, Fernando Milanêz, na última terça-feira (18).

Durante a reunião, que contou ainda com Ad van Mollen, representante da operadora Go Brasil no Brasil, ficou definida a vinda do prefeito de Amsterdam, Eberhard van der Laan, para João Pessoa, em novembro, para celebrar o fechamento do voo charter, que deve ser iniciado a partir de abril do próximo ano.

Segundo Saulo Barreto, está sendo elaborado um plano de mídia para ser desenvolvido nos mercados da Bélgica e Holanda. O voo deve ser lançado na Holanda em janeiro de 2018, durante a Vacantieboeus – Feira de Turismo de Utrecht, um dos maiores eventos de Turismo da Europa.

“A notícia desse voo teve grande repercussão nos meios turísticos holandeses, já que iremos substituir a ausência dos voos que vinham da Holanda para Natal (RN)”, afirmou Saulo Barreto. Ele disse que o voo será “um passo na concretização da total da internacionalização do destino Paraíba na Europa”.

De acordo com Saulo Barreto, a operação é extremamente viável, pois o equipamento a ser operado pela Tui – uma empresa subsidiária da KLM e que só opera voos chaters – é um Boeing 737-800, com capacidade para 160 passageiros, sem qualquer tipo de restrições para pousar no Castro Pinto. Há sete anos a limitação da pista frustrou a tentativa da Paraíba de trazer esse voo para o Estado.

Fonte: Turismo em Foco

16 comentários:

  1. Prefeitura de João Pessoa mente tanto que dá até dor. 737-800 é operado pela Gol há anos no Aeroporto. Transfere pro aeroporto, a incompetência do município em trazer um mísero voo... agora corre contra o tempo, depois do governo do estado ter conseguido um voo semanal para Argentina.

    ResponderExcluir
  2. Ah sim, o voo pra Argentina é semanal e regular. Já o voo da Prefeitura, é um voo charter, que vai ocorrer durante um tempo e depois acaba.

    Que fase hein, Prefeitura de João Pessoa!

    ResponderExcluir
  3. E ai, essas mentiras ditas pela prefeitura, quando lida por alguém que não é do ramo da aviação, a pessoa acaba acreditando.

    ResponderExcluir
  4. Restrições ? Se a antiga Oceanair ainda chegou a operar com aeronave maior o B-757. Conversa pra boi dormir desse Cartaxo. A prefeitura de João Pessoa só está correndo atras desse voo pra não ficar por baixo já que o governo do estado trouxe o primeiro voo internacional "regular" pra Paraíba.

    ResponderExcluir
  5. Triste fim, vi uma reportagem essa semana que o Secretario Estadual de Turismo do RN, confirmou 2 voos semanais de Natal para Amsterdam... a empresa optou por Natal por já ter sediado o voo antes, pelas infraestuturas aeroportuárias e hoteleiras além dos incentivos fiscais concedidos.. já foi fechado e encontra-se em solicitação no Hotran

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vamos aguardar então, um posicionamento oficial da Prefeitura de João Pessoa, que estava a frente da captação deste voo charter.

      Excluir
    2. Vão ficar calados... e deixar que a população esqueça.. nós paraibamos que somos prejudicados... Natal vai ganhar 3 voos semanais da Aerolineas Argentinas, 1 voo semanal para Córdoba, 2 voos semanais para Amsterdã fora os que já tem da TAP... só embarco por lá agora.. um pouco distante mas sempre tem bons preços e bons voos

      Excluir
    3. Se não for pedir demais, me passa via e-mail, o link da reportagem que você leu: aerojoaopessoa@gmail.com

      Excluir
    4. Verdade anonimo, vão ficar calados.. Vim pra Foz do Iguaçu e meus filhos foram pra porto alegre saindo de Natal, ambos voos diretos pela gol. mt bom!

      Excluir
    5. Um voo da Gol, com 737-800 deve ter sido. O Aeroporto de João Pessoa comportaria tranquilamente. O problema mesmo, é nossa cadeia de turismo, o fomento é muito baixo ainda.

      Excluir
    6. Isso mesmo jarbas, num 737-800 o meu pra foz e o do meus filhos pra porto alegre tb. o meu voo estava lotado e meus filhos disseram que o deles também

      Excluir
  6. Links de outros sites não são permitidos. Enviar via email: aerojoaopessoa@gmail.com. Peço reescrever o comentário.

    ResponderExcluir
  7. Pessoal, só queria acrescentar uma coisa. Todo ano os trades turísticos brasileiros dizem que vão trazer voos internacionais. Se somar tudo que falam, um único aeroporto não comportaria tudo.

    Não gostaria que aqui se tornasse um local de "aventuras de ideias" e sim de confirmações.

    ResponderExcluir
  8. Realmente a Prefeitura de João Pessoa enganou a todos. Acabou a bendita feira, e não teve anuncio algum do voo charter. Não falaram nada, vergonhoso.

    ResponderExcluir
  9. Pois é jarbas, foi uma das feiras mais importantes e a Paraiba não estava nem representada na mesma. Em discrepância, o RN estava com Estande próprio na feira e captou os dois voos semanais para Amsterdã. Se quiser eu mando por email o link da reportagem confirmando os voos. No mais.. as pessoas embarcaram no voo da cia aérea Prefeitura de João Pessoa com destino a Ilusão. Abs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu já vi uma reportagem sobre Natal. Agradeço mesmo.

      Pelo jeito a Prefeitura de João Pessoa queria tudo no grátis, sem ter que tirar nada do bolso para divulgar João Pessoa na Europa, de forma a ajudar na captação de turistas pros voos charters. Desse jeito, é impossível mesmo.

      Excluir

Agradecemos sua participação!

Aerojoaopessoa. Copyright © 2012 - 2016. Todos os direitos reservados. Tecnologia do Blogger.