1

Engenheiro comemora balizamento noturno do aeródromo de Cajazeiras, mas alerta para PCN da pista

Torre de farol rotativo do aeródromo de Cajazeiras.

A Secretaria de Aviação Civil (SAC) concluiu na sexta-feira (04) a inspeção das obras do balizamento noturno do Aeródromo Pedro Vieira Moreira, em Cajazeiras, dando mais um passo rumo à homologação definitiva por parte da ANAC (Agência Nacional de Aviação Civil) para que o aeródromo receba aeronaves em linhas comerciais.

Quase todas as etapas já foram vencidas. Mas falta um “detalhe”. De acordo com o engenheiro Alexandre Costa, o PCN da pista do aeródromo de Cajazeiras recebeu classificação de apenas 6 pontos. Isso significa que a pista tem capacidade para suportar apenas aeronaves pequenas, com 20 passageiros.

A intenção dos profissionais envolvidos na luta para implantar linhas aéreas em Cajazeiras é aumentar a classificação da pista para 12 pontos, ou seja, com condições de suportar aeronaves de médio porte, com 42 passageiros.

O PCN faz parte dos padrões aeroviários mundiais que classificam as pistas de pouso e decolagem de acordo com a capacidade de suportar os vários pesos de aeronaves.

Apesar de ainda haver esse obstáculo para superar, Alexandre Costa está confiante de que em breve Cajazeiras terá linhas aéreas comerciais no aeródromo.

“Em posse dessas conquistas que nós estamos tendo passo a passo, pela posição estratégica que Cajazeiras representa no cenário regional, eu acredito que não vamos ter dificuldade em conseguir uma empresa para operar aqui”, disse.

Fonte: Diário do Sertão

Um comentário:

  1. Matéria gentilmente enviada pelo leitor do AEROJOAOPESSOA, Fábio Dantas.

    ResponderExcluir

Agradecemos sua participação!

Aerojoaopessoa. Copyright © 2012 - 2016. Todos os direitos reservados. Tecnologia do Blogger.