2

As grandes companhias aéreas do passado no Brasil


A aviação comercial no Brasil começou cedo, ainda nos anos 20.

Durante sua trajetória, tivemos grandes representantes no cenário mundial, inclusive entre as melhores do mundo. Relembre as principais companhias aéreas do país que fizeram história, e hoje, infelizmente, não existem mais. 

Panair

A primeira grande companhia aérea do Brasil era ligada à americana PanAm. Começou a operar em 1929, com o nome de NYRBA (New York, Rio e Buenos Aires). Em 1930, a PanAm comprou a NYRBA, e o braço brasileiro da empresa passou a se chamar PanAir. Dominou o mercado nacional até 1965, quando foi extinta. A PanAir se mantinha na vanguarda de vôos nacionais e internacionais. Por muito tempo, o “Padrão PanAir” era sinônimo de excelência em serviços aéreos.

– (Reprodução/Veja SP).

Assista a um comercial da PanAir:


Cruzeiro

Fundada em janeiro de 1943, a Serviços Aéreos Cruzeiro do Sul tinha origem em uma companhia alemã chamada Condor Syndikat. Com a Segunda Guerra Mundial, entretanto, a empresa se desvinculou de qualquer origem alemã. A Cruzeiro, como ficou conhecida depois, começou a operar em rotas nacionais e para Buenos Aires. Em 1947, voava para Porto Rico, Washington e Nova York. Tornou-se rapidamente uma das principais companhias aéreas do país. Nos anos 70, porém, fechou as portas, sendo adquirida pela Fundação Rubem Berta, que controlava a Varig. Por algum tempo, a Varig ficou conhecida como Varig/Cruzeiro.

– (Reprodução/Veja SP).

Assista a um comercial da Cruzeiro:


Transbrasil

Fundada em 1955, a Transbrasil foi criada originalmente como Sadia Transportes Aéreos, para transportar carne da Sadia de Santa Catarina a São Paulo. A ideia deu tão certo que, no ano seguinte, a companhia já transportava passageiros em rotas ligando o sul do país à capital paulista.

Durante os anos 60 e 70, cresceu rapidamente, adquirindo companhias menores e ampliando a área de atuação, consolidando a empresa como a terceira maior do Brasil nos anos 70. Nas décadas de 80 e 90, planos econômicos desastrosos no país prejudicaram os lucros da Transbrasil, que viveu em crise até ser desativada em 2001.

– (Reprodução/Veja SP).

Assista a um comercial da Transbrasil:


Vasp

Com sede na cidade de São Paulo, a Vasp começou a voar em 1933, ligando a capital ao interior do estado. Inicialmente operando a partir do Campo de Marte, transferiu suas operações para Congonhas em 1934. No ano seguinte foi estatizada, recebendo fundos do governo de São Paulo. Durante as décadas posteriores, cresceu vertiginosamente, sendo responsável, entre outras coisas, por trazer os primeiros Boeings para o país, em 1969.

No início da década de 90, foi privatizada e começou uma ousada política de expansão internacional, com vôos para a Ásia, Europa, Estados Unidos e África. Infelizmente, o crescimento foi mais rápido do que a administração podia prever, e as finanças saíram do controle. Com dívidas e paralisações de funcionários, deixou de operar em 2005, e teve a falência decretada em 2008.

– (Reprodução/Veja SP).

Assista a um comercial da Vasp:


Varig

A Viação Aérea Rio Grandense foi a primeira companhia aérea legitimamente brasileira a ser fundada, em 1927, operando inicialmente em rotas ligando o sul ao sudeste do país. Nas décadas de 30 e 40, expandiu sua área de atuação para as regiões centro-oeste e nordeste. Nos anos 50, a Varig já tinha uma rota que ligava Porto Alegre a Nova York, com escalas em São Paulo e no Rio, além de Belém e Santo Domingo, na República Dominicana.

Em 1959, tinha os primeiros jatos comerciais do mundo, os Caravelle. Nos anos seguintes, chegou a ser considerada uma das melhores companhias aéreas do mundo. As renovações de sua frota eram constantes, e a companhia sempre investia em inovações tecnológicas, principalmente no que diz respeito ao conforto dos passageiros.

Apesar disso, os balanços financeiros eram negativos por anos seguidos, levando a companhia a enfrentar uma enorme crise. E empresa entrou em recuperação judicial em 2005, e sua falência foi decretada em 2010.

– (Reprodução/Veja SP).

Assista a um comercial da Varig:


Fonte: Vejasp

2 comentários:

  1. Matéria gentilmente enviada pelo leitor do AEROJOAOPESSOA, Rudolf Thales.

    ResponderExcluir
  2. Empresas Brasileiras de Linha Aérea Extintas:  Abaeté Linhas Aéreas – ABSA - Aerobrasil Cargo • Air Amazônia- Air Brasil - Air Brasil Cargo - Air Minas - Air Vias • Alliance Jet • America Air • ATA Brasil • BRA Transportes Aéreos •Brasil Central - Brasmex - Beta - Cruzeiro do Sul • Cruise - Digex Cargo • Flex Linhas Aéreas • Gensa General Service Aviation - Globex CargoLog - Interbrasil STAR • Itapemirim Cargo • Fly Linhas Aéreas • Flyways - Litorânea • Nacional Transportes Aéreos - Noar - Nordeste Linhas Aéreas Regionais • Mega Linhas Aéreas - Mesquita L.A. - MTA Carga - Meta - Panair do Brasil • Paraense Transportes Aéreos • Penta • Platinum Air • Presidente Transportes Aéreos - Promodal Transportes Aéreos • Puma - Real Transportes Aéreos • Rico Linhas Aéreas • Rio Sul • Sete - Skymaster Airlines • SAVAG • Sol Linhas Aéreas • Syndicato Condor • TABA • TAF Linhas Aéreas • TEAM Transporte Especiais Aéreos e Malotes - TAVAJ • Transbrasil • TCB Transportes Charter do Brasil • TRIP - UNEX Universal Express Linhas Aéreas – Velox Air - Via Brasil Linhas Aéreas • VASP • Vaspex - VOTEC • VARIG • VarigLog - Vica Viação Charter Aérea – Webjet – WhitheJets, Saudações

    ResponderExcluir

Agradecemos sua participação!

Aerojoaopessoa. Copyright © 2012 - 2016. Todos os direitos reservados. Tecnologia do Blogger.