0

Título de Cidade Criativa da Unesco coloca João Pessoa na rota turística mundial através da arte popular


A inclusão de João Pessoa como uma das oito cidades brasileiras integrantes da Rede Mundial de Cidades Criativas pela Unesco e a única reconhecida no país pelo artesanato, coloca a Capital Paraibana como grande rota turística brasileira pela riqueza de sua arte popular.

Ela é agora a ‘cidade brasileira do artesanato’. Além de João Pessoa, apenas outra cidade na América Latina tem o título de Cidade Criativa na mesma categoria: Chordeleg, no Equador, conhecida como a ‘terra das jóias’. Para o prefeito Luciano Cartaxo, é impossível falar em turismo sem falar em cultura e a arte popular produzida na Capital paraibana torna-se mais um atrativo que faz de João Pessoa um destino turístico mundial.

Em todo o mundo, são apenas 180 cidades que integram a Rede Mundial de Cidades Criativas em sete categorias: design, artes midiáticas, gastronomia, cinema, literatura, música e artesanato e arte popular. E são apenas oito cidades brasileiras na lista: Belém (Gastronomia), Paraty (Gastronomia), Florianópolis (Gastronomia), Curitiba (Design), Brasília (Desing), Salvador (música), Santos (Cinema) e João Pessoa, única cidade na categoria Artesanato e Arte Popular.

“A arte popular, o artesanato, a cultura, estão muito ligados ao turismo. Não tem como a gente falar em turismo sem levar em conta a cultura e este reconhecimento dado pela Unesco é mais uma oportunidade que desenvolveremos para dar mais visibilidade à cidade. Além de já ser conhecida pelas belas praias, pela riqueza do Centro Histórico todo revitalizado em nossa gestão e pela qualidade de vida que estamos promovendo, João Pessoa tem agora mais um atrativo sendo reconhecido mundialmente”, disse Luciano Cartaxo.

O objetivo da Unesco com a Rede é posicionar a economia criativa no centro das políticas públicas municipais, estimulando o intercâmbio de especialistas e das melhores práticas em ações de interesse comum. E para tornar possível este reconhecimento, foi encaminhado um dossiê elaborado por iniciativa da PMJP com o Sebrae, no qual, dentre outros documentos, uma carta onde o prefeito Luciano Cartaxo dá anuência e se compromete a apoiar pelos próximos anos as atividades do segmento do artesanato e cultura popular na cidade. Além disso, o documento conta também com uma carta da Associação de Artesãs Sereias da Penha, uma carta do Sebrae enquanto instituição não governamental chancelando o dossiê, bem como uma carta do Itamaraty.

O reconhecimento à Capital paraibana se deu a partir do projeto Sereias da Penha, que tem como madrinha a primeira-dama, Maísa Cartaxo. Mulheres artesãs são beneficiadas na Capital por esta ação de estímulo e aprendizagem do ofício e geração de renda, onde o trabalho feito à mão dialoga com o design, com a moda, com a economia criativa, ressaltando a arte com escamas de peixe em fios de cobre. Através de peças autorais, elas destacam a importância da preservação ambiental e dos ecossistemas a partir do reaproveitamento e ressignificação de materiais que fazem parte do dia a dia das comunidades de pescadores.

“Junto com as demais ações que a Prefeitura vem tomando na estruturação do turismo, esse título de Cidade Criativa no artesanato, é mais um passo largo que consolida João Pessoa como destino turístico no Brasil”, afirmou o secretário-adjunto de Turismo, Graco Parente. Ele ainda acrescentou que “um dos pilares importantes deste reconhecimento é a questão da sustentabilidade e a gestão de Luciano Cartaxo tem um planejamento futuro que de fato inclui a cidade como uma cidade criativa, como, por exemplo, o projeto Cidades Sustentáveis, em parceria com o BID. Então isso demonstra que a Prefeitura trabalha de forma coesa e integrada em suas secretarias, com projetos inovadores, criativos e sustentáveis”.

Fonte: Prefeitura de João Pessoa

Nenhum comentário

Agradecemos sua participação!

Aerojoaopessoa. Copyright © 2012 - 2016. Todos os direitos reservados. Tecnologia do Blogger.