0

Não foi nada fácil viajar em 2017. Relembre as piores histórias do ano

Imagem: Getty Images.

Dias de folga são sempre gostosos e relaxantes, não é? Nem sempre. 

Em 2017, vimos muitas histórias de viagens que não deram certo. Entre algumas aventuras dignas de risadas e outras de desespero, não foi nada fácil “turistar” durante o ano. 

Antes de partir 

Imagem: Reprodução/Facebook.

Um dos casos mais hilários do ano foi dos passageiros “Amorzão” e “Princesona”, que acabou em noivado e final feliz em Paris, mas rendeu boas risadas. 

No aeroporto 

Imagina ver sua bagagem sendo maltratada? Foi o que aconteceu na Inglaterra e deixou muita gente alerta. 

No avião 

Não faltaram voos “do mal”. Um na Índia teve que voltar ao solo por conta do fedor insuportável. Outro no Chile decolou com uma janela descolada (o horror, o horror). Mais recentemente, um passageiro penetra fez um voo voltar no meio do caminho entre EUA e Japão – oito horas de passageiros revoltados. Só calcule. 

Imagem: Reprodução/YouTube.

Teve gente que processou companhia por viajar ao lado de dois passageiros obesos em 14 horas de puro e literal aperto, muita gente expulsa em casos que ganharam a internet e assustaram todo mundo, proibição de legging, escorpiões, e até uma companhia fez uma pessoa viajar 11 horas em um assento com urina. 

E a comida de avião? Se nas companhias luxuosas são servidos verdadeiros banquetes, nas comuns foi só decepção, como banana no lugar de um cardápio sem glúten ou uma refeição vegetariana bem da esquisita.

Imagem: Reprodução/Metro.co.uk.

Entre os passageiros, muita gente abusou da intimidade temporária com quem estava na mesma aeronave. Teve quem fizesse sexo em voo, ou surtasse e acabasse todo ensanguentado. 

“Causos” fofos também fizeram a alegria dos passageiros, como o passageiro que viajou separado de seu simpático cãozinho – que fez amizade com os colegas do lado rapidinho. 

No hotel 

Ufa, você chegou ao seu destino. Mas calma que a desgraça pode acontecer justamente aí. Um vídeo que circulou nas redes sociais revelava os piores quartos dos EUA, com direito a marcas de sangue e até vômito. 

Quem optou pelo aluguel de casas, também muitos problemas, como câmeras escondidas nos quartos. 

Reclamar é preciso 

Depois de tanto perrengue, você vai lá e reclama bonito, reclama gostoso e se sente vingado? Nem sempre... 

Um dono de hotel, ao receber um comentário negativo, retrucou o cliente com muita grosseria. E até o maior site de avaliações de turismo do mundo, o TripAdvisor, pecou e foi acusado de apagar denúncias de estupro. 

Que em 2018 “turistar” seja mais tranquilo...

Fonte: Uol

Nenhum comentário

Agradecemos sua participação!

Aerojoaopessoa. Copyright © 2012 - 2016. Todos os direitos reservados. Tecnologia do Blogger.