0

Embraer adia planos de retomar produção de aeronaves turboélice

Último Embraer turboélice foi realizada em 2001.

Nos últimos meses, a Embraer passou a considerar a retomada de produção de aeronaves turboélice, mercado atualmente dominado pela canadense Bombardier e pela ítalo-francesa ATR.

A ideia já tinha sido até compartilhada pelos corredores da fabricante brasileira, que não investe mais neste segmento desde 2001, quando o último EMB-120 foi devidamente construído e entregue.

Nesta semana, no entanto, o CEO John Slattery disse a agência Reuters que estes planos, no mínimo audaciosos, foram adiados. Com isso, as possíveis novas aeronaves turboélice serão mantidas em banho-maria. Isto porque, ainda de acordo com o CEO da Embraer, a fabricante está focada na certificação das aeronaves EMB-190 E2 e EMB-195 E2.

“Até conseguirmos nosso certificado para o E2, será muito difícil para mim ir até os acionistas e perguntá-los sobre o investimento numa nova plataforma de aeronaves, e eu tenho plena consciência disso”, disse Slattery. A Embraer entregou mais de 360 aeronaves turboélice de 1983 até o fim da produção (2001).

Fonte: Mercado e Eventos

Nenhum comentário

Agradecemos sua participação!

Aerojoaopessoa. Copyright © 2012 - 2016. Todos os direitos reservados. Tecnologia do Blogger.