5

Ricardo inspeciona duplicação do acesso ao Aeroporto e acompanha a entrega de novos ônibus em Bayeux


O governador Ricardo Coutinho inspecionou, nesta segunda-feira (12), a obra de duplicação e restauração do acesso ao Aeroporto Castro Pinto e, em seguida, acompanhou a entrega de 10 novos ônibus do Consórcio Metropolitano que faz o transporte intermunicipal de passageiros entre Bayeux e João Pessoa, como parte de um acordo firmado pelo Governo do Estado e conduzido pelo Departamento de Estradas de Rodagem da Paraíba (DER-PB), a fim de melhor atender a população.

Os ônibus entregues são adaptados com plataforma elevatória, assentos especiais e motorização eletrônica.

Para o governador Ricardo Coutinho, a obra do acesso ao Aeroporto é fundamental porque envolve o desenvolvimento do turismo, por isso o ritmo está acelerado e a ação deve ser concluída até julho. “A gente tem um aeroporto com uma demanda crescente e é preciso que o acesso seja bom para dar mais conforto e deixar uma boa impressão para os turistas que visitam a Paraíba. O Governo do Estado tem um cuidado muito grande com as ações de mobilidade urbana e com intervenções que reforçam a perspectiva de crescimento do turismo”, afirmou.


A obra de duplicação e restauração do acesso ao Aeroporto Castro Pinto tem uma extensão de 780 metros em pista dupla e representa um investimento de R$ 2,2 milhões. Os principais serviços executados são: terraplenagem em cortes e aterros, pavimentação alfáltica em CBUQ, sistema de drenagem para águas subterrâneas e pluviais, iluminação ornamental, calçadas, ciclovia e sinalização.

Sobre os novos ônibus, o governador avaliou que, após a implantação do Consórcio Metropolitano, em fevereiro de 2017, a população está sendo melhor atendida pelo transporte urbano. “A entrada de um novo consórcio no ano passado foi essencial para Bayeux, que antes tinha ônibus velhos, com pneus inadequados, enfim, hoje toda a frota é acessível e oferece mais conforto para os usuários”, frisou.

Segundo o superintendente do DER, Carlos Pereira, o Consórcio Metropolitano é integrado pelas empresas Reunidas, Santa Maria, Santa Rita e Das Graças, as quais “mobilizam 31 ônibus novos e seminovos para atender, aproximadamente, 12 mil usuários de transporte coletivo por dia”.


As empresas que compõem o Consórcio Metropolitano fazem as seguintes linhas: João Pessoa/Bayeux (Aeroporto); João Pessoa/Bayeux (Imaculada); João Pessoa/Bayeux (Mário Andreazza); João Pessoa/Bayeux (Sesi); João Pessoa/Bayeux (Tambaí) e João Pessoa/Bayeux (Jardim Aeroporto).

“Antes do Consórcio Metropolitano, alguns ônibus pareciam que iam quebrar no meio do caminho. As condições eram muito ruins e a gente era quem sofria. Hoje o povo tem ônibus novo e seguro para ir e vir de Bayeux a João Pessoa. Eu mesma moro aqui em Bayeux, mas trabalho no Centro de João Pessoa, então todos os dias tenho que pegar ônibus”, comentou a vendedora Lúcia Gomes.

Fonte: Governo da Paraíba

5 comentários:

  1. Matéria gentilmente enviada pelo leitor do AEROJOAOPESSOA, Rudolf Thales.

    ResponderExcluir
  2. Uma dúvida, essa extensão de 780 metros se refere ao trecho que vai da rotatória do Aeroporto passando pelas Locadoras de carro e por fim chegando a unidade militar? E a respeito daquela pavimentação que foi feita, mas hoje encontra-se desmanchada, vai ser refeita?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, o Governo do Estado assumiu o trecho que não está duplicado, inclusive recapiar a parte que passa de frente ao terminal de passageiros.

      A parte que foi duplicada e encontra-se desmanchada, é de responsabilidade da prefeitura de Bayeux (com recursos do ministério do turismo). Nessa parte o Ministério Público teve que entrar, pois ninguém queria assumir o problema. Esta sendo investigado a responsabilidade de cada um. Por conta desse problema todo, o Governo do Estado não vai poder ajeitar esta parte.

      Excluir
  3. Acabo de vê um A-29 da Força Aérea Brasileira sobrevoar a minha casa, aqui em Bayeux, no bairro Jardim Aeroporto. Emoção grande, visto que eu nunca havia visto um de perto. Provavelmente veio da BANT(Base Aérea de Natal).

    ResponderExcluir
  4. A ÚNICA COISA QUE EU PEÇO AO GOVERNADOR DO ESTADO DA PARAÍBA, O SR. RICARDO COUTINHO, QUE POR FAVOR IMPORTE-SE COM A NOSSA QUERIDA E AMADA CAJAZEIRAS E FAÇA ALGUMA COISA PARA COLOCAR O AERÓDROMO PARA FUNCIONAR, PARA NOS ALEGRARMOS DE ALGUMA FORMA. SÓ IMPORTA COM AS OUTRAS CIDADES E NUNCA COM A NOSSA. DAQUI A POUCO TEREMOS MAIS ELEIÇÕES E AÍ GOVERNADOR QUAL SERÁ A SUA DESCULPA PARA OS FILHOS DO ESTADO.

    ResponderExcluir

Agradecemos sua participação!

Aerojoaopessoa. Copyright © 2012 - 2016. Todos os direitos reservados. Tecnologia do Blogger.